Era uma vez uma futura maratonista com um sonho muito distante de completar os 42.195 km. Tudo começou em 2008 com uma vontade de mudar de vida e transformar lazer em benefício estético e psicológico. As pequenas corridas foram completadas e os objetivos sempre aumentando. Em julho de 2010 tudo mudou, virei maratonista e comecei a sonhar com as ultras distâncias. Em julho de 2012 virei oficialmente Ultra e agora planejo futuras distâncias que me desafiem cada vez mais. Me descobri desesperadoramente apaixonada por km's.

Agora tenho o ano de 2013 inteiro para fazer o que for preciso para quem sabe ser aceita na BR 135 Solo em 2014. Trabalha e Confia!


Carrego no peito as medalhas e na memória os melhores momentos da minha vida.

Próximos desafios:

03 de Novembro de 2013 - Maratona

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Agora é a sua vez cabeça!

Com o tempo passando e o volume aumentando me sinto mais resistente a dores e a necessidade de Advil diminui consideravelmente. Tenho feito treinos que ainda não tinha realizado, e tem sido difícil, mas nunca perto da dificuldade dos treinos da minha primeira maratona, talvez porque lá atrás a minha cabeça também podia jogar contra.
Por exemplo, ontem fiz pela primeira vez 14 Km na areia seguidos. A consequência disso foram 9 horas bem dormidas... a muito tempo não sabia o que era capotar nesse período. Acabei acordando bem ruizinha e quando pensei em tomar um remédio para ficar bem meu corpo já havia se recuperado, achei estranho, porque estou preocupada com o treino pioneiro de amanhã, não posso já começar cansada. Bom, assim tem sido minha recuperação fisica por enquanto, sem remédios, mas também não cheguei ao ápice dos treinos, daqui a dois sábados posso vir a deletar esse post rs.

Agora o real motivo da minha vinda aqui é o que rolou na minha cabeça ontem. Em Janeiro fiz 110 Km não oficiais com intervalos de 2 horas, então isso não me faz me considerar uma ultramaratonista. No dia 23 de junho faço 52 Km e li em algum lugar que isso faz de uma pessoa uma super maratonista e não uma ultra, tudo bem, entendi. Sendo assim num momento de insanidade me inscrevi para 20 dias depois fazer 24hs e finalmente ser oficialmente uma ultramaratonista. Quando digo insanidade é porque tenho um número de km's em mente, não queria fazer feio, nem ficar na rabeta da classificação rs, posso até ficar, mas vou fazer o possível e o impossível para não, não precisa ser na ponta, mas na rabeta é injustiça, mas como primeira eu posso pensar em aceitar rs.
Quer dizer, muita coisa pode rolar para essas 24hs não acontecerem, o que depender de mim estarei lá, mas o que depender de Deus já não posso garantir. Mas a possibilidade de ver um sonho tão próximo, meu título chegar tão rápido me faz esquecer os problemas (mentira, impossível rs), mas me faz treinar com vontade e feliz.
Começo a fazer planos, contas, e soubesse que terminaria de um jeito satisfatório gostaria de levar família, treinadores, amigos, todos para o Rio para comemorar comigo, mas tenho medo, ainda preciso treinar minha cabeça, só sei que é muito importante chegar e terminar e que está muito próximo :).

Cabeça, agora é a sua vez de treinar, me ajuda aí.


6 comentários:

Ricardo Hoffmann disse...

Que papo é esse de super?? Não basta passar de 42k? Não se prenda nessas coisitas...você é ultra desde que nasceu mulher! E quando essa cabeça pirar, lembre que estamos todos em côro, gritando Katryyyyynyyyyyyyyyyyyy! cade você!!!!!!!

DricaPeixoto disse...

Ô Katryny, você é uma figura.
Vc já foi ultra correndo como pacer na BR ... agora será ultra pela terceira vez nas 24h ;)
Isso tudo depois de ter percorrido Urubici ... ufa ...

Run Katryny, ruuuuuunnnnnn :)

elis disse...

cabeça é tudo!
cabeça no lugar, comandando as pernas, que tem hora que as pernas não querem obedecer de jeito nenhum rsssssss

não vai faltar torcida pra você!
e tenha certeza, quem se mete nessas louc..., ops, digo, aventuras, já é ultravitorioso;)

bons treinos, guerreira!
ah, esse negócio de nomenclatura... esquece...
o que vale é o que a gente sente nos pés, e leva na alma;)

bons treinos!
e acima de tudo: divirta-se!!!
curta muito essa agitação!
dói, mas é bom;)

ah, e esse número mágico, hein... tô doida pra saber qual é...
a primeira vez que fiz uma 24h, mirei em 150km, que achei um número assim, bonito, redondão! kkk

http://elismc.blospot.com

Katryny disse...

hahahahaha
Nasci ultra Ricardo??
então tá bom irmão, eu aceito!
Beijo

Katryny disse...

rsrsrs
vocês não vao me deixar ser Ultra só em julho né Drica?? rs
São todos bondosos :)
Beijo gatona

Katryny disse...

ok ok
vamos esquecer a nomenclatura Elis...
E esse número, a esse número anda mudando hehehe
Toda hora que vejo o testemunho de alguem ele sobe ou desce, anda numa fase meio altos e baixos :)
Beijo Beijo

Postar um comentário