Era uma vez uma futura maratonista com um sonho muito distante de completar os 42.195 km. Tudo começou em 2008 com uma vontade de mudar de vida e transformar lazer em benefício estético e psicológico. As pequenas corridas foram completadas e os objetivos sempre aumentando. Em julho de 2010 tudo mudou, virei maratonista e comecei a sonhar com as ultras distâncias. Em julho de 2012 virei oficialmente Ultra e agora planejo futuras distâncias que me desafiem cada vez mais. Me descobri desesperadoramente apaixonada por km's.

Agora tenho o ano de 2013 inteiro para fazer o que for preciso para quem sabe ser aceita na BR 135 Solo em 2014. Trabalha e Confia!


Carrego no peito as medalhas e na memória os melhores momentos da minha vida.

Próximos desafios:

03 de Novembro de 2013 - Maratona

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Treino 10 Milhas Garoto - 16 de agosto 2009 V

09/08 - DOMINGO - de descanso... estou nova e pronta para uma semana leve de malhação e confiante para a prova de domingo. Não vou falhar como falhei no ano passado. Correrei todos os 16 Km =)

08/08 SÁBADO - Sim, sábado. Era uma vez uma mocinha sedentária que mudou completamente sua vida com a corrida. Adoro essas mudanças, porque quem diria há dois anos que uma pessoa que odiava malhação e adorava acordar às 11h da manhã no sábado fosse mudar toda a sua rotina nos finais de semana... Mas tudo isso é para dizer que levantei quase de madrugada mas não estava numa semana boa, mesmo assim por fazer o que gosto fui assim mesmo, afinal faltam sete dias para a Corrida mais gostosa do Brasil (10 Milhas Chocolates Garoto).
Gosto de desafios então fui mesmo sem vontade e encontrei um galerão na academia para fazermos um treino longo de sábado. Só que a bem verdade é que no Km 3 eu já estava morta pois descansei apenas um dia depois da intensa semana. Ai o que foi que aconteceu?? vou ter que registrar isso, sorry, meu marido resolveu me desorientar (quem já conhece o individuo sabe como ele é mestre nisso hehehe) ficou me rodeando, rodeando, rodeando com a bicicleta, como já não estava muito a fim de correr fiquei louca com aquilo... Lá pela vigésima vez pedi pelo amor de Deus pra ele parar porque o treino estava difícil e eu não estava conseguindo me concentrar, principalmente porque o sol estava matando para um bom dia de inverno capixaba (aqui definitivamente não existe essa estação). Bom resumindo, desisti, cheguei a caminhar... mas pensei que se fizesse isso me frustaria tanto e descontaria toda a minha raiva nele (e sei que ele fez isso tudo de brincadeirinha né meu amor - espero que ele não veja isso hehehe). Continuei capengando, mas continuei. Não cheguei a fazer todo o treino porque o sol estava "pocando" (capixabês) mas fiz 12 Km em 1h19 e alguns segundos. SOBREVIVI, e o marido também :P

07/08 SEXTA - PERCEPÇÕES DE UMA SEXTA-FEIRA DE DESCANSO - Hoje realmente precisava descansar. Estou cansada fisicamente e psicologicamente em conflitos :) . Passei todos esses dias malhando sem parar, corri 55 Km e sabe o que eu ganhei??? 300 gramas... Sim, tudo bem pode ser pouco, mas pesei na certeza de que havia emagrecido ao menos 200 gramas, e a balança me deu um soco no estômago...
Isso tem sido um motivo de grande irritação, pra não dizer ódio mortal rsrsrs. Mas como quero ir pro Céu, retiro então o ódio mortal e vamos deixar apenas a irritação. Pensa comigo, passei nove dias de exercícios intensos, correndo, levantando pesos, sentido dores para dormir (isso é coisa de maluco), me olhando no espelho e gostando do que vejo, e quando vou pedir um elogio da balança, ela faz isso comigo?? só pode ser minha inimiga, só pode.
Resultado, vou nos dar mas uma chance... vou controlar ainda mais minha alimentação, tentar tomar mais água e dar uma chance pra balança declarar seu amor por mim na quinta-feira que vem. Se ela não ceder já era, vai ter que me esquecer. Vou tentar encarar tudo isso com bom humor e muito suco de maracujá light hehehe. Bom descanso para mim que amanhã é dia de treino longo ;)

06/08 QUINTA - Hoje como já era meu nono dia malhando sem descanso fui correr mas pensando que não iria muito longe... Estava me sentindo relativamente bem, mas sabia que quando começasse as dores iriam aparecer (porque todo esse masoquismo??). Dito e feito, logo nos primeiros Kms as pernas começaram a reclamar, fui num ritmo mais lento e voltei um pouco mais forte. Geralmente faço esse percurso em menos de 1/2 hora, mas desde a 1/2 Maratona do Rio não tenho conseguindo mais. Horário de saída: 7h46 Pm / Tempo: 1h09 e 27 segundos / Distância: 10 Km / Velocidade: 8,6 kmh / 740 Calorias.

05/08 QUARTA - Dia de malhação. Tia Emmily pegou leve hoje, ainda bem =) porque é meu oitavo dia malhando sem descanso ;)

04/08 TERÇA - Corridinha noturna na Praia da Camburi. Hoje foi aquela corrida que logo no início minha cabeça já me dizia que era pra mim desistir que meu corpo não iria aguentar. No Km 3 a vontade de andar era gigante. Mas como já disse inúmeras vezes que não faz parte de mim desistir continuei, capengando mas continuei. Quando chegou no Km 7 comecei a fazer as contas e quase morri. Vi que tinha corrido até o presente momento em 6 dias 42 Km. Fiquei louca, por isso que estava me sentindo um bagaço, com as pernas pesadas. Nos últimos 6 dias fiz musculação 3 dias e corri em quatro dias 45 Km, isso é mais que uma maratona. E pelo andar da carruagem só descanso na sexta, ainda tem muita malhação pela frente.
Distância: 10 KM / Tempo 1h06 e 19 segundos / Velocidade: 9 Kmh / Calorias: 749. Só de pensar no que ainda vem pela frente, cansei!!! :)

03/08 - SEGUNDA - Segunda é dia de musculação :). Li em algum lugar que para correr bem era importante fortalecer o abdomen, então gosto particularmente deste exercício. Reclamo quando não sinto dores no dia seguinte e reclamo quando sinto também, e já que vou reclamar de qualquer jeito que venham as dores abdominais rs... E vou te contar, a Emmily pegou tão pesado nos abdominais comigo que no fim do dia não sabia se estava tendo uma crise forte de gastrite ou foi porque malhei mesmo hehehe. Tá bom, tá bom, exagerei, mas foi verdade! O que me salva é que conheço muito bem ambas as dores, então pude ver que realmente tinha malhado muito. Só preciso parar de comer docinhos, será que algum dia vou conseguir?? acho que preciso de um outro blog para este assunto.

2 comentários:

Mark Velhote disse...

Olá

O bom de correr é que depois podemos dar no toblerone sem sentimento de culpa...eheh

Gostei particularmente da expressão " estava me sentindo um bagaço" , muito bom mesmo!

De resto é aproveitar essa energia toda e manter o optimismo (mas também convém descansar um pouco)
Força!

Cumps

Katryny disse...

Olá Mark,
Obrigada pelo conselho
amanhã com certeza será um dia de descanso necessário, antes que o "bagaço" vá para o lixo :)
Um abraço

Postar um comentário