Era uma vez uma futura maratonista com um sonho muito distante de completar os 42.195 km. Tudo começou em 2008 com uma vontade de mudar de vida e transformar lazer em benefício estético e psicológico. As pequenas corridas foram completadas e os objetivos sempre aumentando. Em julho de 2010 tudo mudou, virei maratonista e comecei a sonhar com as ultras distâncias. Em julho de 2012 virei oficialmente Ultra e agora planejo futuras distâncias que me desafiem cada vez mais. Me descobri desesperadoramente apaixonada por km's.

Agora tenho o ano de 2013 inteiro para fazer o que for preciso para quem sabe ser aceita na BR 135 Solo em 2014. Trabalha e Confia!


Carrego no peito as medalhas e na memória os melhores momentos da minha vida.

Próximos desafios:

03 de Novembro de 2013 - Maratona

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Bike, seu dia chegou!

Finalmente tomei coragem... depois de uns 18 anos sem dar uma volta de bike resolvi encarar de frente o desafio, tenho trauma porque caia muito (minha prima Juju que o diga... já tivemos um acidente grave comigo no guidon, temos marcas até hoje, só me lembro do sangue no rosto rs).

Bem não sei nem por onde começar... pedi a bike e o capacete do marido emprestado, coloquei uma roupa de frio para em caso de acidentes não ralar o joelho e cotovelos, e fui fazer um teste na garagem sob o olhar preocupado do Fernando. Ele me falou o básico sobre marchas e defini o lado esquerdo no médio e o direito próx. ao mais pesado.
Tive medo da ladeira lá de casa, então desci com ela na mão mesmo, coloquei o Garmin para funcionar e fui! ... Fui quase atropelada nas três ruas que tive que atravessar... não é legal andar em horário de rush, muita gente, muito carro.

Quando finalmente cheguei no calçadão respirei e comecei a imprimir um ritmo que achava interessante para a primeira vez, tive a certeza que amo vento na cara (igual ao meu cachorro) coisa que a corrida não permite na velocidade que ando correndo. Tá, vento a parte, tive vários desafios tipo: - passar por um ponto de ônibus lotado; atravessar um pontezinha (descobri que não tenho coordenação nenhuma pelo lado direito - cambaleie); fazer ultrapassagens em bicicletas lerdas d+; skates; corredores na pista de bike (isso pode, super respeito rs); mudança de marcha, etc etc, etc.

Resuminho do treino: 12 km em 47 minutos. Pace de 3:55. 15,3 kmh.
Achei bom para o primeiro dia. Só preciso investir agora numa bermuda de bunda ou num banco novo que a minha bunda não foi suficiente para amortecer. Hoje não sei se sinto dor quando levanto ou quando sento :). Mas a perna está ok, nem senti. E vou te falar uma coisa, foi um treino bem divertido, cada situação nova que passava começava a rir (muito) e quando lembrava da minha infância nas duas bicicletas que tive (rosa e laranja) ria ainda mais. Foi muito bom!!!

Calendário da semana:
Segunda: malhação
Terça: Intervalado - 16 tiros de 400 metros sendo os dois ultimos tiros com pace de 4:50 (quem diria)
Quarta: malhação e bike
Quinta: Corrida, rodagem - 10 km
Sexta: descanso
Sábado: 10 km
domingo: descanso

E fora isso tudo, trabalhei, cuidei do marido e tive uma vida social bem ativa, porque hoje ainda é quinta-feira.

obs: Na volta do treino arrisquei fazer ums contas rápida e percebi que estou muitooo, mas muitooooo longe para um iron, nessa velocidade de hoje levaria exatas 12 horas para terminar só os 180 km de bike, mais 5 horas paras os 42 de corrida, mais umas 4 horas para os 4 km de natação e se tudo desse certo sem parar para ir ao banheiro eu terminaria todo o percurso em 24 horas kkkkkkkk. Acorda Katryny!!!

5 comentários:

Ingrid disse...

Katryny, dar o primeiro passo ( no teu caso pedalada) já é o suficiente pra se colocar em foco de competição. Toda a tua força e dinamismo vão te levar muito longe. Guria, vai firme que até me deu vontade de pedalar também...ehehe
Acho que vou tirar minha magrela do galinheiro ( que não tem mais galinhas ) e dar um trato nela.
Bjão,
Ingrid

Dani disse...

Oi Katryny,

Eu sou um completo zero a esquerda andando de bicicleta. Nem meio fio eu sei subir....rs.

Boa sorte na sua nova empreitada.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com

Luciana disse...

Oi Katryny!!! Adorei esta notícia do pedal!!!! Muito bom, vento na cara e um pouco mais de velocidade rsrsrsrs

Menina eu resolvi investi na natação, to amando!!! Saio da piscina numa calma de um monge Budista, totalmente zem rsrsrsrs

Eu acho que iron em 2016 é viável, o que acha???

Bjs
Lu

Joka disse...

Realmente para o IM vai ter que socar a bota no pedal...rs Mas tudo é possibel, bora treinar...Bons treinos !!!!

Mark Velhote disse...

Oh yeah!
Temos nova Triatleta na forja!
Arianne Monticelli que te aguarde!

bjs

Postar um comentário