Era uma vez uma futura maratonista com um sonho muito distante de completar os 42.195 km. Tudo começou em 2008 com uma vontade de mudar de vida e transformar lazer em benefício estético e psicológico. As pequenas corridas foram completadas e os objetivos sempre aumentando. Em julho de 2010 tudo mudou, virei maratonista e comecei a sonhar com as ultras distâncias. Em julho de 2012 virei oficialmente Ultra e agora planejo futuras distâncias que me desafiem cada vez mais. Me descobri desesperadoramente apaixonada por km's.

Agora tenho o ano de 2013 inteiro para fazer o que for preciso para quem sabe ser aceita na BR 135 Solo em 2014. Trabalha e Confia!


Carrego no peito as medalhas e na memória os melhores momentos da minha vida.

Próximos desafios:

03 de Novembro de 2013 - Maratona

domingo, 30 de outubro de 2011

Sem parar para pensar

Posso até parecer um trem desgovernado, mas espero que eu não seja.
De tudo que tem me acontecido nos ultimos meses, semanas e dias, tenho separado o que eu me jogo de cabeça e tudo e aquilo que está sob meu controle. Mas se bem li recentimente que nada pode ser controlado então posso sim ser um trem desgovernado, e quem sabe você também não seja. Mas se todas as decisões que eu tomasse fosse sem parar para pensar nada teria dado certo.
Tá, em resumo, algumas coisas eu paro e penso e outras eu não paro e não penso.

Essa corrida tá assim, não tenho vôo, não tenho hotel, não tenho companhia.
Tenho inscrição, treino e força de vontade. Aerolineas Argentinas, resolve meu problema, por favor! Meus vôos há 13 dias da Maratona ainda estão todos desconectados, com vôos desconectados não sei que dia que chego e não posso reservar o hotel. Por mais incrivel que possa parecer, eu não estou preocupada (ainda). Não parei para pensar nem na ultima noticia de que a corrida seria ainda Mais dificil e Mais alta que as anteriores.
Sem parar para pensar eu vou (se Deus assim permitir)... ou será que se eu estou escrevendo já estou pensando? Humm, pode ser. Ah, que seja! E se for, que seja melhor por aqui.

Treininhos já desacelarando. Essa semana fiz um especial, subi 8 vezes a ladeira da Vale pela grama e enquanto subia o pior acontecia, eu gostava! Pois é, tem gente que gosta de sofrer e correr riscos. Se eu gostar desse negocio tô Frita!

Começando a comprar e testar as coisas para levar:
Tentei um carbo novo com potássio, foi ok.
Entre tudo que testei de roupa foi a bermudinha da Nike que ganhou, ok.
A tal da Camelbak não é bem como eu sonhava mas vai dar para o gasto, ok.
Màquina, vou correr com a Go Pro, só não sei ainda onde vou pendurar.
Comprei pela vigésima vez Mais um radinho (é quase um amuleto, nunca usei em nenhuma prova, e raramente uso em treino, mas ir sem ele é arriscado)
Meu Gatorade concentrado em saquinho chegou, ueba!
Etc etc etc - queria levar uma mala de mão, será que vai dar?

4 comentários:

elis disse...

se fosse fácil, não teria graça, né, Katryny, por isso que a gente sofre, mas gostcha, das subidas! kkkkkkkkkk

bom era resolver logo esse negócio da passagem e da hospedagem... porque o percurso, te digo uma coisa, só dá pra resolver mesmo na hora rsssss

gatorade concentrado em saquinho? uhmm.... não conheço... mas gostei da ideia... ;)

boa sorte aí nos preparativos!
estou na torcida!!!

bjs

Joka disse...

NO FINAL DA TUDO CERTO E COM MEDALHA NO PEITO GUERREIRA, FÉ !!!!! BONS TREINOS.

Anônimo disse...

Elis, lembrei de você enquanto me matava nas subidas rsrs
beijoo
Katryny

Anônimo disse...

Aê Jokaa
tô acreditando!!!
Bjos
Katryny

Postar um comentário